Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

limbos verdes

limbos verdes

05 Fev, 2021

esta semana

o sol voltou a espreitar

 

35EA2095-C1EF-4595-B947-BF83B517C897.jpeg

8A32D3D2-DA6E-43BC-8E3D-37F55458FA9F.jpeg

3DC7ACAE-3B3C-4ED4-BF39-7C99934A3B22.jpeg

8FBEF7A5-50A3-448B-969B-46FE1884AF9B.jpeg

0949CEB8-4602-4764-8EBC-C6FA468FC2AA.jpeg

D44DC037-1F02-402B-A7CC-6FFCFD04A892.jpeg

Durante esta semana, as flores vibrantes do Ranunculus ficaria abriram. As folhas também são bonitas: verde intenso, com forma de coração invertido. As flores, com o tempo, vão perdendo o amarelo brilhante e ficam brancas.  (fotografia acima)

Romulea bulbocodium, que já tinha começado a despertar na semana passada, está agora em muitos outros locais, quase sempre de altitude mais elevada. (Fotografias mais abaixo, neste post)

A Bellis perennis continua em força. (fotografia abaixo)

4608E750-7900-4364-9293-CFAE3A2208AB.jpeg

893991EE-E830-4B9B-B542-F3406E6471A5.jpeg

F49328B4-E573-4D09-886F-D171B77DC9C4.jpeg

As florações anteriores (persistem) na paisagem. 

F19678C4-A33B-49EF-A1D4-E7FCC0F350FA.jpeg
D21E1DAA-D419-4803-9AC5-4536EA6DDED2.jpeg

Narcissus bulbocodium ainda em floração

336CCB3E-4ADA-4D54-9004-FAA3ADA0D5EF.jpeg 

Os passeios têm sido um pouco mais breves, nestas últimas semanas, essencialmente porque tem chovido - e a vegetação agradece estas semanas de humidade, para ela(s) é essencial, ainda por cima quando os últimos anos foram de  seca significativa. 

Contudo, por vezes e sem se esperar, as nuvens afastam-se e é possível vêr de novo o azul do ceu, as cores  cá por baixo voltam a brilhar e fica tudo mais quente. Havendo  oportunidade, corre-se para o campo nesse momento.

Nesta última semana apareceram novas plantas silvestres em floração. É sempre uma alegria revê-las muitos meses depois, ou descobrir alguma que nunca se viu antes ( Aristolochia longa).

Há um mês e algumas semanas, quando vi    a primeira  himantoglossum robertianum em floração, escrevi no Twitter, em modo de celebração, algo do género: 'chegou a primavera!'

Como é evidente, não tinha chegado a primavera (em dezembro) e continuamos, ainda hoje,  em pleno inverno. Apesar de ser uma brincadeira há qualquer coisa de verdade: ver aquele género em flor, tem sempre um sabor a prenúncio. Sabia que, mais semana menos semana outras flores estariam também abertas, e, com elas, chegariam outras cores ao campo. 

7C7810BB-FDD1-4E00-A7A9-B1247D9F1717.jpeg

6E4A8748-341D-4FB0-B6A8-4056372013A9.jpeg

D4AE5085-032B-4D39-9F53-A25B45BC3A33.jpeg
912A6497-14B3-4A26-A926-B5BD74A5BCCC.jpeg

1. Oxalis (azeda)

2. Romulea bulbocodium

3. Anemone palmata

61D16CD4-D1F7-479D-903D-021E7402BA09.jpeg

57E9D913-6083-4EB3-A98F-8C0757899404.jpeg

69C017A4-BB84-4BE3-8934-426232FE1FB0.jpeg

4. Antirrhinum majus (bocas de lobo) 

5. Aristolochia longa (erva bicha)

6. Cladonia

7. Silene acutifolia

8. Vinca

9. Hyacinthoides (quase quase com flores abertas)

CFAF8260-46E7-4204-9055-1E2DD54FCE64.jpeg

 

69060EFB-D614-4F32-93D6-1D9A91464215.jpeg

2F1771DF-3B44-493D-A1F2-B079C7DC902A.jpeg

4314A808-EFF6-41D1-A0EA-27676CD43A3A.jpeg

56F15412-562C-4998-B76B-BCC986017CEB.jpeg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.