Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

limbos verdes

limbos verdes

*home

home

adjective
  1. 1.
    relating to the place where one lives.
    "I don't have your home address"
    • 2.
      (of a sports fixture) played at the team's own ground.
      "their first home match of the season"
      • adverb
        1. to or at the place where one lives.
          "what time did he get home last night?"
          verb
          1. 1.
            (of an animal) return by instinct to its territory after leaving it.
            "a dozen geese homing to their summer nesting grounds"
            • 2.
              move or be aimed towards (a target or destination) with great accuracy.
              "more than 100 missiles were launched, homing in on radar emissions"

 

 

2 locais, com grupos  de zambujeiros,  onde gosto de ir e ficar. na verdade, apesar de serem formados por diversas árvores, devem funcionar como uma única entidade/ser  vegetal. gosto de seguir com o olhar os troncos, da base até ao topo, tentar perceber como se relacionam entre si - o tempo de vida delas vai ficando registado. há, também por isso, muita informação  naquelas 'estruturas ' - e ficar, depois, por ali,  numa quietude... por vezes conseguimos ouvi-las/ senti-las verdadeiramente. recomendo muitas tentativas. :) 

 

 

casa = segurança; conforto; confiança; quente; suave;  fácil; fluido; abertura; flexível; contentamento, criação; conexão; ... 

[ hoje, quando me dirigia para este local - pertinho do castro do zambujal- de máquina fotográfica  de plástico - diana f- no pescoço e tripé no ombro fui percebendo que não seria possível fazer as fotografias em modo pinhole que queria/quero fazer: não fazia vento algum, o que é pouco comum por estes lados. o vento que traz e leva coisas - sementes, por ex - quero capta-lo. mas ele voltará. passei por um vizinho que, embora não entenda como esta máquina funciona e como faço múltiplas exposições no filme -mostrei-lhe algumas fotografias e mantem-se irredutível que uso uma app. por mais que lhe diga que não, não acredita - sorri sempre por ver o meu entusiasmo com as fotografias e com a máquina. 

 

no último vídeo: alguns dos zambujeiros - antes da subida para o castro do zambujal. os que mencionei num recente post. é bem visível agora as marcas das podas radicais e dos fogos. nos anos 1980 era comum incendiarem esta zona - devido à caça. não filmei todos eles com marcas de fogo, mas penso ser mais percetível entender a que me referia la atrás.há vários meses fiz um pedido, em modo tuite, de limpeza na zona precisa onde estes zambujeiros estão. o meu pedido foi atendido. continuarei, portanto, a pedir/desejar coisas outras ]

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.